Equipe Tuju SOS E Enxames

Restaurante Tuju, mel nativo e abelhas nativas.

O conceituado restaurante Tuju, do conceituado chef Ivan Ralston, agora conta com um meliponário, onde três colônias de abelhas nativas sem ferrão passaram a residir.

Ivan, muito conhecido não só pelas habilidades culinárias, sempre demonstrou muito interesse por toda a cadeia produtiva que envolve os alimentos, incluindo os meles nativos e a polinização das abelhas.

O Restaurante Tuju conta com uma horta, onde são cultivados uma série de temperos e hortaliças, ali do ladinho onde a comida é feita, e agora essa horta conta com a ajuda das abelhas jataí (Tetragonisca angustula), Iraí (Nannotrigona testaceicornis) e mirim (Plebeia droryana).

As abelhas mal chegaram e já começaram a trabalhar encantando a equipe do restaurante. As colônias foram identificadas com placas informativas, para que todos que forem ao restaurante conheçam um pouco sobre as abelhas sem ferrão.

Toda a equipe do restaurante Tuju se envolveu no processo, e foram muito receptivos com a chegada das novas trabalhadoras do restaurante.

A parceria entre o restaurante Tuju e a SOS Abelhas sem Ferrão se deu graças aos nossos parceiros da Mbee – Mel de Terroir que também são grandes divulgadores dos meles nativos e incentivadores da meliponicultura e proteção das abelhas indígenas.

Ficamos extremamente felizes com essa postura de responsabilidade socioambiental, e esperamos que seja um exemplo para todos do segmento gastronômico. As abelhas nativas precisam ser reconhecidas por seus meles maravilhosos e principalmente por proporcionar a alimentação de todos nós através da polinização.

O Restaurante Tuju fica na Rua Fradique Coutinho, 1248, São Paulo – SP, para mais informações clique aqui.

As fotos desse dia especial foram feitas pelo nosso grande parceiro André Matos.

Confira essa matéria sobre Meliponicultura feita com o Chef Ivan Ralston pela revista Serafina da Folha de São Paulo.

Celso Barbiéri

Mestrando em Sustentabilidade e Bacharel em Gestão Ambiental pela USP. Diretor técnico-científico da SOS Abelhas sem Ferrão. Atualmente pesquisando abelhas sem ferrão, meliponicultura e ecologia urbana. Interessado em divulgação científica e em mostrar para as pessoas que aprender pode ser divertido. Praticante de Karatê, entusiasta de literatura fantástica e ficção científica. Jogador competitivo de Pokémon e fã de animes e mangás nas horas vagas.